Cheguei no Medium!

Viagem No Comments

Screen Shot 2016-04-14 at 11.58.45

Resolvi dar uma chance pro Medium. Meu primeiro texto lá é sobre amor, viagens e nostalgia. Aquele combo que a gente conhece bem.

“Alguns metros quadrados do nosso apartamento, na Urbanstrasse 178, estavam sempre tomados por garrafas vazias, que em Berlin é o equivalente a barras de ouro – 25 cents a garrafa de plástico e 8 cents a garrafa de vidro. Elas podem ser trocados em qualquer supermercado, por dinheiro ou cupons de desconto, dependendo do humor do aparelho eletrônico ou do funcionário que resolvesse nos ajudar. Ambos só falavam alemão, então era sempre um pouco difícil identificar qual humor era esse. Os bares e clubs também costumam cobrar um euro a mais (a chamada pfand) por cada bebida comprada, que você recebe de volta assim que devolver a garrafa.

Não é a toa que esse negócio de separar o lixo deixou a gente um pouco paranóicas. Na segunda semana de viagem a minha visão míope já estava capacitada a enxergar garrafas de plástico em um raio de até dez metros de distância. Era tanta, mas tanta garrafa que cheguei a calcular quantas precisaria juntar para conseguir pagar o aluguel, caso resolvêssemos rasgar a passagem de volta – mil e duzentas, mais precisamente.”

Leia o texto completo aqui.

debas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *